Tag: 2014

Review – Life itself – A Vida de Roger Ebert (2014).

 

Por Calil Neto 

16 de julho de 2016.

Roger Ebert foi um dos maiores críticos que os Estados Unidos e a língua inglesa já tiveram e ganhador do prestigiado e aclamado Prêmio Pulitzer. Neste longa-documentário de 2014 com produção da CNN FilmsLife itself – A Vida de Roger Ebert, com estreia no Festival de Sundance do mesmo ano, temos a vida do respeitado jornalista, crítico de cinema, apresentador de televisão, repórter, escritor e roteirista de cinema.

O longa é dirigido por Steve James, que adaptou o livro de memórias do profissional da escrita que faleceu em 2013 de câncer diagnosticado na tireoíde em 2002 e não estava podendo falar (se comunicava por um aparelho) e comer. Roger Ebert já sabia da existência do documentário e diversas entrevistas foram realizadas com ele. Aborda a carreira, a vida, e os seus últimos meses de vida.

Fala da parceria e do carinho da esposa Chaz Ebert, paixão de sua vida, casou com ela aos 50 anos. que ficou com o marido até o seu falecimento. Fala da época em que roteirizou o filme do diretor Russ Meyer, ex-fotógrafo da revista Playboy, De Volta ao Vale das Bonecas de 1970 para o grande estúdio da FOX.

Aborda a época de jornalista, da ocasião que fez crítica de cinema na televisão com o crítico de cinema Gene Siskel : eram que nem dois irmãos brigãos. Aborda depoimentos de pessoas da televisão: produtores, produtores executivos. Tem depoimento de amigos e fãs de seu trabalho como os diretores Martin Scorsese (quem Ebert sempre elogiava e é o produtor executivo deste documentário) e Werner Herzog.

 Nota: 4,0 de 5,0.

Review do livro Revival (2014) de Stephen King.

 

revival_banner

Por Calil Neto

Eu nunca tinha visto um livro de King abordando com tanta magnitude e relevância o poder da religião e da fé na vida das pessoas e dos personagens. O livro Carrie, a Estranha tem um pouco disso. Revival tem como personagem central Charles Jacobs que era um pastor ou reverendo como podemos chamar, e que é um tipo de messias obscuro que tem o poder de curar as pessoas com a ajuda da eletricidade. Como curandeiro de pessoas ao mesmo tempo fica rico com o poder de curar as pessoas através da eletricidade.

Outro importante personagem da trama é o músico Jamie Morton que teve o vício por drogas curado por Jacobs e o auxílio do pastor na época que ajudou a curar o irmão de um problema de saúde. O livro aborda a importância de Charles Jacobs na vida dos personagens. É praticamente o personagem mais importante no livro, além de ser o antagonista. Ao mesmo tempo de mostrar o poder da fé na vida das pessoas, é um livro que critica as religiões e as atitudes que o Homem deve ter na Terra para ganhar o reino dos céus. Charles Jacobs é um cara que se revolta com a perda da mulher e do filho, e passa a curar as pessoas, sendo que muitas delas depois de um tempo da cura, passam a sofrer efeitos colaterais, ficar doentes e até morrer em alguns casos. Quando Jacobs já bem velhinho pede o auxílio de Jamie Morton para ajudar a curar um ex-amor da vida de Morton, Astrid, que está doente, o músico não tem como negar o auxilio.

simpsons-stephen-king

O título do livro Revival se refere à cura do ex-pastor Charles Jacobs, reabilitando provisoriamente a saúde dessas pessoas. Algo como renascimento. Um livro que não deixa de abordar a vida após a morte, abordar um dos grandes admirados de Stephen King, H.P.Lovecraft, os livros proibidos, e homenagear com o enredo de Revival  Mary Shelley e o seu livro mais famoso Frankenstein.

O livro Revival é bom e com bons personagens. Um dos melhores livros do escritor norte-americano dessa década.

Melhor do que eu imaginava!

Confira a lista de vencedores da 67a edição do Festival de Cannes.

Festival de Cannes 2014

Por Calil Neto

A lista de vencedores da 67a edição do prestigiado festival de cinema, Cannes, realizado todo ano na França.

Competição oficial

Palma de Ouro
Winter Sleep (Kis Uykusu), de Nuri Bilge Ceylan – Turquia, França, Alemanha

Grand Prix
The Wonders (Les Merveilles), de Alice Rohrwacher

Melhor diretor
Bennett Miller, por Foxcatcher

Melhor ator

Timothy Spall, por Mr. Turner

Melhor atriz
Julianne Moore
, por Maps to the Stars

Prêmio do júri
Mommy, de Xavier Dolan, e Adieu au langage, de Jean-Luc Godard

Melhor roteiro
Andrey Zvyagintsev e Oleg Negin, por Leviathan

Camera d’Or (para diretores estreantes)
Party Girl
, de Marie Amachoukeli, Claire Burger e Samuel Theis

Melhor curta
Leidi, de Simon Mesa Soto

Melhor curta – menção honrosa
Aissa, de Clement Trehin-Lalanne

Prêmio do júri ecumênico
Timbuktu, de Abderrahmane Sissako

Mostra Un Certain Regard

Prêmio Un Certain Regard
White God, de Kornel Mundruczo

Prêmio do júri
Force Majeure, de Ruben Ostlund

Prêmio especial do júri
The Salt of the Earth, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado

Melhor elenco
Party Girl

Melhor ator
David Gulpilil
, de Charlie’s Country

Quinzena dos Realizadores

Prêmio Art Cinema Award
Les Combattants
, de Thomas Cailley

Prêmio da Society of Dramatic Authors and Composers Prize
Les Combattants

Europa Cinemas Label
Les Combattants

Semana da Crítica

Grande Prêmio
The Tribe, de Myroslav Slaboshpytskiy

Prêmio Visionário
The Tribe

Prêmio da Society of Dramatic Authors and Composers Prize
Hope, de Boris Lojkine

FIPRESCI – Federação Internacional de Críticos de Cinema

Competição
Winter Sleep

Un Certain Regard
Jauja
, de Lisandro Alonso

Quinzena dos Realizadores
Les Combattants

GAMES: Confira o trailer do remake de Gabriel Knight: Sins of Fathers.

O remake-jogo adventure  Gabriel Knight: Sins of Fathers, que envolve voodoo e sobrenatural , deve ser lançado no meio do ano.

O jogo original é de 1993 e teve duas sequências, Gabriel Knight 2: The Beast Within, e Gabriel Knight 3: Blood of the Sacred, Blood of the Damned.

Em 15 de abril será lançado Moebius: Empire Rising , também de Jane Jensen, que traz a história de Malachi Rector, um agente especializado em antiguidades e história contratado pelo governo norte-americano para investigar a morte de uma mulher em Veneza, em uma aventura conspiratória com clima de espionagem. AMBOS OS JOGOS ADVENTURES OU POINT AND CLICK FORAM AUXILIADOS COM UMA CAMPANHA BEM SUCEDIDA DE ARRECADAÇÃO NO KICKSTARTER. VALE SALIENTAR QUE AS TRILHAS SONORAS DOS BELÍSSIMOS JOGOS DE JANE JENSEN SÃO MARAVILHOSAS E IMPECÁVEIS, o que ENGRANDECE (AINDA MAIS) a DIVERSÃO.

EDITORA DARKSIDE REVELA LIVROS PARA 2014. CONFIRA A LISTA DE SURPRESAS.

Editora DarkSide (2014)

Por Calil Neto

A Editora DarkSide, especializada em livros de fantasia e horror, divulgou os livros que serão lançados nas livrarias no primeiro semestre de 2014. Em 2013 publicou grandes sucessos como as biografia de Stephen King e J.R.R. Tolkien, livros abordando o cinema fantástico como EVIL DEAD  e O Massacre da Serra Elétrica, e livros de ficção.

A DarkSide tem realizado um trabalho impecável, e tem merecido todos os créditos pelo sucesso na tradução e elaboração de suas obras.

Confira a lista que tem um livro ainda não revelado.

Charles Manson, a Biografia (Jeff Guinn)

O Louco representa aquilo que a sociedade não consegue explicar. Como Charles Manson se transformou no ícone pop da Maldade? Um livro para os fortes. – “Uma biografia vigorosa e profundamente pesquisada, muito mais fascinante do que poderíamos esperar. […] Uma visão reveladora da sociedade […] Surpreendente.” The New York Times

Os Goonies (James Kahn)

Nossos destinos se cruzam mais uma vez. A carta simboliza a vitória dos leitores, que há muito exigiam uma nova impressão em capa dura do clássico de Steven Spielberg. Edição especial com mapa-pôster, abrindo as comemorações dos 30 anos deste clássico. — “O sonho de toda criança é poder estar no controle de seu próprio destino, ainda que apenas por um sábado à tarde. Não seria incrível nunca perdermos esse sonho?” Steven Spielberg

Drácula – A Origem (Jim Steinmeyer)

O que há por trás do monstro mais temido da história? Drácula e Bram Stoker, Criador e Criatura juntos. Nem a morte pode vencer esta carta. — “A união de entusiasmo e erudição de Steinmeyer é uma alegria.” Neil Gaiman

Serial Killer – Louco ou Cruel? (Ilana Casoy)

Estava escrito: Ilana Casoy e DarkSide® unem forças. Nossa maior especialista em serial killers estreia na casa com um grande sucesso em edição atualizada, seguindo nosso padrão quase psicopata de qualidade. — “Ilana tem a virtude dos grandes dramaturgos: nos colocar diante da nossa própria morte. E, portanto, diante da nossa vida.” Marcelo Tas

 

King Of Thorns (Mark Lawrence)

A linha da vida manchada de sangue. Esse é o destino do Rei Jorg Ancrath neste segundo livro da Trilogia dos Espinhos. Leia com cuidado. — “Excelente – no mesmo nível de George R.R. Martin.” Conn Iggulden — “Uma fantasia corajosa e morbidamente emocionante.” Publishers Weekly

Sexta-Feira 13 – Coleção Dissecando (David Grove)

Uma carta indestrutível. Conheça a verdadeira origem do homem por trás da máscara. Um lançamento da Coleção Dissecando, com introdução do mago da maquiagem e ator Tom Savini. — “Obrigatório para os fãs de carteirinha de Sexta-Feira 13 e aficionados por filmes de terror.” Cinema Retro — “Uma crônica apaixonada e exaustiva sobre uma influente incursão pelo horror.” Shock Cinema

O Demonologista (Andrew Pyper)

É preciso ter muita coragem para seguir em frente. O mal eterno ganha as páginas desse thriller internacional. — “Que venham os demônios!” The New York Times

A Menina Submersa (Caitlín R. Kiernan)

A carta dá uma interpretação ambígua ao livro de terror, vencedor do Bram Stoker Awards de 2013. Em quem confiar, numa história narrada em primeira pessoa por uma personagem esquizofrênica? — “Incisivo, belo e perfeitamente esculpido como uma caixinha de surpresas japonesas.” Holy Black

Senhores de Salem (Rob Zombie e B.K. Evenson)

Arcano do rock’n’roll, Rob Zombie solta as bruxas numa história marcada por laços de sangue. Uma experiência completa de terror que evoca as reais origens de Salem. Prefácio de Zé do Caixão. — “O livro oferece uma experiência mais detalhada do filme e ambos se complementam” Rob Zombie

A Noite dos Mortos-Vivos (John Russo)

A história que deu início ao apocalipse zumbi, pela primeira vez no Brasil. Do roteirista de George Romero. Dois livros em um: inclui A Volta dos Mortos-Vivos. — “Seu livro… me guiou através do meu primeiro filme.” Quentin Tarantino

Livro surpresa não revelado.

Site da Editora DarkSide