Review – Alien: Covenant (2017).

Imagem: Instagram

Por Calil Neto

18 de maio de 2017

CUIDADO SPOILERS

A franquia Alien é uma das franquias mais amadas pelos fãs de ficção-científica. Dentro e fora dos Estados Unidos. Em 2012 tivemos o primeiro longa dessa série prequel de filmes da franquia Alien, com Prometheus.

Eu já assisti Prometheus diversas vezes, e curto o filme, apesar de ter dividido as opiniões do público. O longa de 2012 é mais um filme de ficção-científica e reflexivo (ou filosófico) do que um filme de terror como os da quadrilogia original. Esse Alien: Covenant já volta as suas origens, apesar de eu preferir aos filmes com a veterana Sigourney Weaver e sua personagem Ripley, no papel de sua carreira. No longa a nave Prometheus leva os personagens à procura da criação da humanidade. São realmente os engenheiros os criadores da humanidade?

Dirigido e produzido pelo criador da franquia Ridley Scott, Alien: Covenant se passa 10 anos após o longa Prometheus, cujo colonizadores da nave Covenant vão parar no planeta ( Origae-6) onde pousou a nave Prometheus em uma missão fracassada do filme anterior onde está o enigmático robô David, interpretado magistralmente pelo talentoso Michael Fassbender (o cara deveria ser premiado por esse personagem), que também faz o papel de outro robô Walter, que é mais atualizado pela corporação Weyland e do bem, e onde morreu Elizabeth Shaw (Noomi Rapace),  protagonista do longa Prometheus. A nave Prometheus levou consigo um patógeno ou um vírus alienígena mortal, que explica a origem do vilão da franquia Alien. Elizabeth Shaw reconstrói o robô David após o fracasso da missão.

O grande destaque desta sequência é Daniels, interpretada por Katherine Waterston, que depois de um tempo se torna a comandante da nave Covenant. GRANDE SPOILER. Neste filme descobrimos que o grande vilão desses novos filmes prequel é David, que vai ser o grande responsável pela proliferação dos aliens. Nota-se que David quer exterminar a raça dos humanos.

Alien: Covenant é um bom filme, mas tenho carinho mais que especial pelos filmes com a personagem Ripley. E o legado do artista plástico H.R Giger continua. Vale a pena conferi-lo.

Nota: 3,5 de 5,0.

Curta a página do blog Calil no MUNDO POP no Facebook.

Anúncios

Cult of Chucky é o título oficial do novo filme da franquia Brinquedo Assassino.

enhanced-28881-1457305131-1

Por Calil Neto

Sim é oficial, o sétimo filme da divertidíssima franquia que eu AMO, que não deixa de ser filmes de terror, já tem seu título: Cult of Chucky (Algo com rito, culto ou seita de Chucky), e vai começar a ser filmado segunda-feira (dia 09 de janeiro) no Canadá. Brad Dourif mais uma vez está confirmado como a voz de Chucky. Sua filha, a atriz Fiona Douriff, também está presente. A menininha de A Maldição de Chucky (2013) Summer H. Howell está de volta, assim como Jennifer Tilly e Alex Vincent, estrela dos dois primeiros filmes do Chucky.

Cult of Chucky , vai ser lançado nesse Halloween (outubro) de 2017 em Blu-Ray e DVD (por enquanto nos Estados Unidos) e formato digital.

Nica Pierce (Fiona Dourif) está confinada em um manicômio e acha que foi a responsável pelo assassinato da família no filme anterior. Com um psicólogo ela começa a cair na real, e Andy Barclay (Alex Vincent), dos dois primeiros filmes da franquia, vai ajudar Nica.

Tomara que a boneca Tiffany volte. Se o filho de Chucky voltasse também seria melhor ainda.

 

Antologia XX é um dos filmes de terror mais esperado do 1º semestre de 2017.

Angela Trimbur, Breeda Wool, Morgan Krantz and Casey Adams appear in XX by Annie Clark, Karyn Kusama, Roxanne Benjamin and Jovanka Vuckovic, an official selection of the Midnight program at the 2017 Sundance Film Festival. © 2016 Sundance Institute.Por Calil Neto

A antologia dirigida apenas por mulheres, XX,  é um dos filmes de terror mais aguardados para o primeiro semestre de 2017. O filme tem estreia mundial no Festival de Sundance  agora em janeiro e será lançado pela Magnet em 17 de fevereiro de 2017.

Resumindo o filme são quatro contos mortais de mulheres assassinas. Acredito que o filme vai ser ótimo!

xx-poster-final