Review – Fu Manchu, Christopher Lee e Jesús Franco.

Por Calil Neto

19 de maio de 2017

 De uma série de cinco filmes de Fu Manchu com Christopher Lee,The Blood of Fu Manchu é o quarto, dirigido desta vez pelo espanhol Jesús Franco grande admirador do ator Lee, com quem colaborou também em Conde Drácula de 1970. Fu Manchu é um personagem de uma série de livros do inglês Sax Rohmer (1883-1959) escritos entre 1913 e 1959. Fu Manchu para quem não sabe também foi interpretado por Boris Karloff (famoso nos filmes clássicos de monstros da Universal e em filmes de horror) em produção de 1932 e nos anos 80 na comédia O Diabólico Dr. Fu Manchu por Peter Sellers.

Fu Manchu e o Beijo da Morte título recebido no Brasil foi gravado na Espanha e Brasil, e foi praticamente que filmado junto com O Castelo de Fu Manchu (The Castle of Fu Manchu), que também será mencionado neste texto em questão. Fu Manchu é um chinês supervilão que com suas maledicências e sabedoria, junto com sua filha Lin Tang (Tsai Chin), quer dominar o mundo.  Nesse Beijo da Morte Fu Manchu envia para diversos países belas garotas aprisionadas que possuem um beijo mortal contaminado com veneno e através delas conquistar o planeta. Nayland Smith (Richard Green) e o colega Dr. Petrie (Howard Marion-Crawford) procuram um antídoto para o veneno mortal da cobra.

O Castelo de Fu Manchu é o último filme em que Christopher Lee interpreta Fu Manchu, e é também dirigido pelo lendário Jess Franco, que faz participação especial no papel do inspetor Ahmet.  Quando começa parece que estamos presenciando a um acontecimento do Titanic, quando o navio bate em um iceberg. Fu Manchu, que quer destruir o planeta, como notamos em atitudes de diversos presidentes de nações atuais, toma conta de um castelo em Istambul e tem relações com um dos maiores traficantes de ópio, Omar Pasha (José Manuel Martín) .Não são obras-primas, mas devem ser conhecidos por admiradores de  Christopher Lee.

 

Fu Manchu é um dos grandes vilões da carreira do lendário e saudoso ator Christopher Lee e seu vozeirão.  Eterno Christopher Lee!

Nota para os filmes: 4,0 de 5,0.

Leia também!

Review – A Face de Fu Manchu ( The Face of Fu Manchu – 1965) e As 13 noivas de Fu Manchu ( The Brides of Fu Manchu – 1966).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s