Review – O Incrível Homem que Encolheu (1957).

the-incredible-shrinking-man-1957-louise-scott

Por Calil Neto

O escritor e roteirista Richard Matheson (falecido em 2013) foi um dos grandes talentos em criação no século XX e teve e tem até hoje diversos admiradores (tanto do público como do meio artístico). Seus trabalhos como escritor assim como em O Incrível Homem que encolheu e Eu sou a Lenda foram adaptados (em alguns casos) diversas vezes para o cinema. Eu sou a Lenda foi recordista em adaptações e não sabemos se virá outras adaptações. Mortos que Matam (1964) com o lendário e saudoso Vincent Price, uma das adaptações de Eu Sou a Lenda, serviu de inspiração em algumas cenas e sequências para nada mais nada menos que George A. Romero dirigisse o seu clássico A Noite dos Mortos-Vivos de 1968.

el-hombre-menguante

O Incrível Homem que Encolheu de 1957 com fotografia em preto e branco é dirigido magistralmente por Jack Arnold novamente para a Universal. Jack Arnold é o mesmo diretor dos belíssimos O Monstro da Lagoa Negra (1954), pertencente ao ciclo de produção dos monstros da Universal e Monstro Sanguinário (1958).

zz-incredible-shrinking-man-lou-talking-to-scott-in-doll-house

O roteiro melhor ainda está nas mãos do próprio escritor do livro, Richard Matheson, e mostra Scott Carey (Grant Williams) que está no meio de um mar com a esposa Louise (Randy Stuart) e é atingido por uma estranha neblina. Nesta neblina está uma radiação que vai fazer Scott começar a encolher aos poucos e ficar pequenino. Quando pequenino vai enfrentar gato, aranha, e morar em uma casa de boneca. Um filme com ótima direção de arte e belos efeitos especiais para a época.  Os efeitos realmente impressionam para o padrão dos anos 50.

Incredible Shrinking Man, The (1957) | Pers: Grant Williams | Dir: Jack Arnold | Ref: INC007AX | Photo Credit: [ Universal / The Kobal Collection ] | Editorial use only related to cinema, television and personalities. Not for cover use, advertising or fictional works without specific prior agreement

Um ótimo filme. Seria maravilhoso se um dia eles produzissem um remake desse filme.

Nota: 3,5 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s