Review – Sharknado: Corra para o 4º (2016).

 

sharknado-4th-awakens-poster

Por Calil Neto

Em 2013 a The Asylum com exibição pela Syfy produziu Sharknado que fez um tremendo sucesso, principalmente nas redes sociais, e um ano seguinte foi produzida a sequência, Sharknado 2: A Segunda Onda que também foi um sucesso e transformou em 2015 Sharkanado em uma franquia levando os tubarões até ao espaço.

Em 2016, Sharknado ganhou o quarto episódio, Sharknado: Corra para o 4º que tem o título original Sharknado 4: The 4th Awakens que é uma referência ao sétimo filme da franquia Star Wars, Star Wars: Episode VII – The Force Awakens, Star Wars: O Despertar da Força de 2015. Além do 4ª episódio fazer referência ao filme dirigido por J. J.Abrams, faz também referência a outros filmes como O Massacre da Serra Elétrica de 1974 e Christine, O Carro Assassino de 1983, clássico da filmografia do diretor John Carpenter, adaptação de livro de Stephen King.

SPOILERS

O novo filme, como todos os três anteriores é dirigido por Anthony C. Ferrante, e se passa 5 anos após o último filme e os EUA ficou todo esse período livre dos tornados de tubarões, por causa de um dispositivo construido por Aston Reynolds (Tommy Davidson). A esposa de Fin (Ian Ziering),  April Wexler (Tara Reid, de American Pie) é tida como morta após ficar um período em coma e juntos tiveram o pequeno Gil que está com 5 anos no filme. April reaparece agora metade humana metade-robô com sua mão de motoserra (e em um momento com a mão de sabre de luz) vai ajudar Fin que depois de passar por algumas localidades dos Estados Unidos, como Las Vegas e Texas, a enfrentar a nova onda de tubarões. David Hasselhoff, pai de Fin, que participou no terceiro filme volta neste quarto longa. Lloyd Kaufman, presidente e co-fundador da Troma, produtora independente de filmes trash não poderia ficar de fora, e faz uma ponta.

O filme é bom, mas não é o melhor da série. É aquele filme que serve de passatempo.Eu gosto muito do primeiro e do segundo filme. O longa deixa uma brecha para o quinto filme que vai se passar em Paris, na França. Pela primeira vez, fora do EUA.

Nota: 3,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s