10 filmes para serem vistos e revistos – Parte 3 .

a-bruxa

Por Calil Neto

Aqui está a minha terceira lista de filmes para serem vistos e revistos. Todos clássicos. Nem todos do gênero horror. Alguns não são antigos, como A Bruxa de Blair (1999) e tem um recente A Bruxa (2015) que já nasceu clássico.

Nosferatu (1922)- direção: F.W. Murnau. Do expressionismo alemão.

Os Dez Mandamentos (1956) – direção: Cecil B. DeMille. Com Charlton Heston no papel de Moisés.

Kwaidan – As 4 Faces do Medo (1964) – direção: Masaki Kobayashi. Uma verdadeira obra de arte.

A Maior História de Todos os Tempos (1965) – direção: George Stevens. Com o ator sueco Max von Sydow no papel de Jesus Cristo e Charlton Heston no papel de João Batista. Um dos mais belos filmes da história do cinema.

O Jovem Frankenstein (1974) – direção: Mel Brooks. Só de ter no mesmo filme nomes como Gene Wilder e Mel Brooks juntos vale a conferida.

o-jovem-frankenstein

Halloween: A Noite do Terror (1978) – direção: John Carpenter. Uma das obras-primas do diretor.

O Enigma de Outro Mundo (1982) – direção: John Carpenter.

Edward Mãos de Tesoura (1990) – direção: Tim Burton .

A Bruxa de Blair (1999)  – direção: Daniel Myrick e Eduardo Sánchez.

A Bruxa (2015) – direção: Robert Eggers.

Confira as outras listas:

Filmes para serem vistos e revistos – Parte 1
Filmes para serem vistos e revistos – Parte 2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s