TOP 5 dos filmes mais aguardados para o 2º semestre de 2016.

31header

Por Calil Neto

Aqui está meu TOP 5 dos filmes mais aguardados por mim nesse segundo semestre de 2016, que começou em julho passado.

5- Bruxa de Blair de Adam Wingard.

4 – Siren, primeiro spinoff da franquia V/H/S, de Gregg Bishop.

3 – 31 de Rob Zombie.

2 – Phantasm: Ravager de David Hartman.

1 – Rogue One: Uma História Star Wars de Gareth Edward.

ROGUE-ONE-STAR-WARS

Anúncios

Entrevista com a atriz Hannah Fierman.

Portraits of directors and actress from V/H/S. Nick Techosky and Dave Bruckner.Por Calil Neto

Eu conversei com a atriz inglesa Hannah Rose Fierman, também conhecida como Hannah Fierman, que participou do segmento Amateur Night do primeiro V/H/S de 2012 e agora em 2016 vai participar do primeiro spinoff da franquia, no longa Siren, que vai ser lançado em dezembro desse ano.

Fiz algumas perguntas para ela a respeito da sua participação no longa de 2012 e agora no spinoff Sirena dirigido por Gregg Bishop onde ela reprisa seu papel, a Lily.

Calil Neto: Como surgiu a oportunidade de atuar no primeiro filme da franquia V/H/S ?

Calil Neto: How did the opportunity to work in the movie V/H/S come up?

Hannah: Fiz um teste para o papel. Eu conheci David Bruckner com quem queria trabalhar. Eu realizei um teste para David e a produtora Linda Burns. Nós trabalhamos na criatura e chegamos a como ela iria se parecer e como ela iria se mover. Realmente foi um esforço colaborativo junto com a minha dublê Elizabeth Davidovitch. Elizabeth também era coordenadora de dublê nas filmagens. Ela é uma incrível ginasta e contorcionista. Nós todos trabalhamos com a personagem da Lily juntos.

David Bruckner sabe o que ele quer, é muito bem falado e tem uma personalidade expressiva. Geralmente, pensa em todos os mínimos detalhes da estória, o porquê ele faz certas escolhas ou as respostas que podem acontecer nas diferentes platéias. Ele é um artista completo, intelectual e que está sempre aberto a colaboração. Ele honestamente considera suas escolhas feitas pelos atores no elenco. Eu nunca encontrei uma pessoa melhor que se encaixasse com o trabalho de diretor.

I auditioned for the role. I knew the Director David Bruckner already and really wanted to work with him. I auditioned for David and Producer Linda Burns. We workshopped the creature and came-up with what she would be like and how she would move. It really was a collaborative effort along with my stunt double Elizabeth Davidovitch. Elizabeth was also Stunt Coordinator on the shoot. She is an amazing gymnast and contortionist as well. We all worked the Lily character out together.

David Bruckner knows what he wants and is a very well spoken and expressive personality. Usually, he has thought through every tiny detail of the story, why those choices are there and what the repercussions or responses might be from different audiences. He is a thorough, intellectual artist who is also open to collaboration. He honestly considers the choices made by the Actors he has cast. I have honestly never met a person better suited for the job of Director.

Calil Neto: O que você diz do seu papel no segmento Amateur Night do primeiro V/H/S de 2012?

Calil Neto: What do you say about your role in segment Amateur Night of the first V/H/S (2012) ?

Hannah: Lily é um clássico monstro mal compreendido. Ela não é a vilã na minha opinião. Ela é também por natureza uma criatura muito sexy, sincera e sem complicações humanas.

Lily is the classic misunderstood monster. She is not the villain in my opinion. She is also by nature a very sexual creature, guilelessly and without human complications.

Calil Neto: O que você pode dizer do spinoff de V/H/S Siren? É melhor do que o segmento Amateur Night do primeiro filme?

Calil Neto: What can you say about the spinoff Siren ? Is it better than the segment Amateur Night?

Hannah: Eu acho que o segmento Amateur Night do primeiro V/H/S e o spinoff Siren são filmes muito diferentes. Eu não acredito que eles são comparáveis por causa de sua estrutura que são diferentes (por exemplo o segmento Amateur Night está dentro do subgênero found footage e o do spinoff Siren tem uma narrativa em formato comum). Os diretores são artistas muito diferentes, eles dirigem estilos que são totalmente o oposto um do outro.

O segmento Amateur Night é um filme totalmente original com suas camadas e nuances. Ele realmente permite que o espectador sinta diversas emoções em um curto período de tempo. Eu acho o spinoff Siren é um filme de entretenimento muito divertido e mantém o espectador interessado o filme inteiro. É um tipo de filme totalmente diferente e como eu disse são nada comparáveis.

I think that V/H/S’s segment “Amateur Night” and the stand-alone feature film “Siren” are very different movies. I do not think they are comparable because the structure is so different (ie. A.N. being found footage vs Siren being a more commonly used narrative format). The Directors are vastly different artists as well, their Directing styles are pretty much opposite from one another.

V/H/S’s segment, “Amateur Night” is a very original film with layers and nuance. It truly allows the viewer to feel a vast array of emotions in a compact amount of time. I think “Siren” is a very entertaining film that is fun and keeps your interest the whole feature long. It is a totally different kind of movie however and like I said, they are not comparable really.

Calil Neto: Obrigado Hannah pela gentileza em nos atender.

Calil Neto: Thanks Hannah for your time.

Review – Cloverfield: Monstro (2008) e Rua Cloverfield, 10 (2016).

share

Por Calil Neto

Cloverfield: Monstro é uma produção de 2008 produzida pela Bad Robots de J.J. Abrams que depois de um tempo se tornaria um dos maiores nomes de Hollywood no século XXI com a direção de filmes da rebootização da franquia Star Trek e o sétimo episódio de Star Wars.  O longa seguiu a febre do começo do século de filmes do subgênero found footage, que teve o ressurgimento no final dos anos 90 com A Bruxa de Blair. É o filme found footage de J.J.Abrams.

rpdeuiul4bnscvwujtzn
Cloverfield (2008).

O longa é dirigido por Matt Reeves (franquia Planeta dos Macacos) e escrito por Drew Goddard (O Segredo da Cabana, Guerra Mundial Z e Perdido em Marte) e mostra um grupo de jovens que está se despedindo em uma festa de um rapaz que vai morar no Japão. Paralelamente a despedida começa um apocalipse com monstros. Os atores não são tão conhecidos do público. Para falar a verdade eu só reconheci a atriz Lizzy Caplan que atuou na comédia A Entrevista e no seriado Masters of Sex.

Lizzy Caplan
Lizzy Caplan

Já o segundo filme Rua Cloverfield, 10 (2016) de Dan Trachtenberg também com produção da Bad Robots foi uma surpresa e ganhou um trailer alguns meses antes de ser lançado nos cinemas. Dessa vez não é um found footage e pela presença do ator veterano John Goodman já vale o filme. Ele pode ser considerado uma continuação direta do filme de 2008, agora onde os personagens se encontram em mundo pós-apocaliptico com alguns sobreviventes e a presença de monstros radioativos. A personagem Michele (Mary Elizabeth Winstea) sofre um acidente de carro com uma batida de carro do personagem Howard (John Goodman) e é levada para a casa quartel-general dele, onde também está outro personagem Emmett (John Gallagher Jr.). Howard quer protegê-los do caos que ronda a região e do clima de radiação. Só que esse Howard não tem um passado muito bom. Nós notamos no filme algumas naves. Não sabemos se são naves alienígenas ou monstros que querem conquistar o planeta. É uma expansão do universo do primeiro filme.

10-cloverfield-lane-image-1

São bons filmes até que divertidos mas que tem o intuito de serem apenas caça-níqueis. Apenas isso.

Nota para ambos os filmes: 3,0 de 5,0.

Review – Viagem ao mundo dos sonhos (1984).

 

Viagem ao mundo dos sonhos

Por Calil Neto

Viagem ao mundo dos sonhos (Explorers) é uma produção no estilo de clássicos dos anos 80 como Os  Goonies (1985) e Conta Comigo (1986), adaptação de uma obra de Stephen King, com criancinhas e garotinhos atrás de objetivos: no mundo fantasioso ou não. Viagem ao mundo dos sonhos é uma belíssima produção de 1984 dirigida por Joe Dante escrita por Eric Luke com rica trilha sonora de Jerry Goldsmith.

explorers9

No elenco temos Ethan Hawke no começo de carreira no papel do garotinho Ben Crandall que ao lado dos colegas Wolfgang Müller (River Phoenix), que é um pequeno cientista, e Darren Woods (Jason Presson) vão em uma pequena nave espacial visitar amigos alienígenas que estão em uma nave fora do planeta. Esses alienígenas entram em contato com as crianças através dos seus sonhos.

explorers10

Um belo filme que não deixa de ser uma bela homenagem aos filmes do começo da segunda metade do século passado de ficção científica. Tem alguns momentos do filme que parece que o espectador está dentro de um jogo de vídeo-game dos anos 80.

explorers11

Um belo filme. Divertido.

Nota: 3,0 de 5,0.