Mais palmas para James Wan. Confira o novo trailer sensacional de Invocação do Mal 2.

Anúncios

Review – A Bruxa (2015).

abruxa-destaque

Por Calil Neto

Tem alguns filmes que faço questão de assistir na tela grande do cinema. E A Bruxa dirigido e escrito por Robert Eggers foi um deles.

SPOILERS.

O filme A Bruxa de Blair de 1999 virou coisa do passado A Bruxa isso sim que é filme de bruxa. A Bruxa (The Witch: A New-England Folktale) distribuído pela Universal que tem a produção também de um brasileiro, Rodrigo Teixeira, foi destaque no Festival de Sundance em 2015.

thewitch01-620x349
O fera Robert Eggers.

A trama se passa no século XVII na Nova Inglaterra e envolve uma família que foi expulsa de uma colônia sem que o espectador saiba o motivo. Provavelmente por serem pecadores. O bebê Sam que não foi batizado some, depois Thomasin e Caleb desrespeitam os pais e vão para uma floresta e Caleb é seduzido por uma bruxa e fica adoecido. Um filme que aborda a questão da fé, do pecado, fanatismo religioso.

video-the-witch-filming-a-new-england-folktale-featurette-australia-superJumbo

O filme tem belíssima fotografia e competente direção de arte em belíssimas localidades. A atriz Anya Taylor-Joy esbanja sensualidade com sua personagem.

do-you-think-the-witch-will-be-a-new-horror-classic-829880

Um filme que deixa algumas perguntas em aberto. Propositalmente. Um filme que deixa que o espectador tire suas próprias conclusões.

Um puta filme!

Nota: 4,0 de 5,0.

O que eu acho da franquia Atividade Paranormal ?

atividade_paranormal_dimensao_fantasma_plano_critico-599x400

Por Calil Neto

A franquia Atividade Paranormal teve 5 filmes e dois derivados: um latino (Marcados pelo Mal de 2013) e um que muitos não consideram e é não oficial made in Japan Atividade Paranormal em Tóquio de 2010 que para mim é o filme mais assustador da série.

Atividade Paranormal de 2007 teve um hype em cima dele quando foi lançado e a fórmula foi se desgastando em suas sequencias. Se Atividade Paranormal fosse um filme único teria se tornado um clássico. Os filmes envolvem assombração, movimentos inexplicados dentro de casas, rituais de bruxaria, lenda da loira do banheiro, crianças que conversam com um ser imaginário conhecido como Toby e possessão.

Segundo informações Atividade Paranormal: Dimensão Fantasma de 2015 que é um filme bem fraco é o último longa da franquia. Não me pareceu nesse filme ter sido um desfecho. Mas de Hollywood podemos esperar de tudo, assim como aconteceu com Jogos Mortais que vai ganhar um novo episódio em breve.

A proposta da franquia é interessante, mas poderia ter sido um único filme.

Review – Finis Hominis (1971).

 

images.livrariasaraiva.com.br

Por Calil Neto

Finis Hominis ou O Fim do Homem é uma produção de 1971 dirigido por José Mojica Marins com roteiro de Rubens Francisco Lucchetti que traz como personagem central Finis Hominis que é um tipo de messias, um personagem totalmente oposto do personagem Zé do Caixão (personagem que deu fama para Mojica), que tem o intuito de salvar a humanidade. O longa também tem um pouco de humor negro e uma mistura de cenas coloridas com cenas em preto e branco. E como muitos filmes de Mojica passa uma mensagem filosófica e existencialista.

A sequencia inicial é uma das melhores. O filme começa com o messias andando nu onde passa e ele faz a personagem que andava de cadeira de rodas voltar a andar. Parece no momento que a cadeirante ficou assustada e voltou a andar por causa da nudez do messias. Outro momento marcante é quando o messias Finis Hominis faz um morto voltar a viver e ele se levanta do caixão. O filme também tem sexo e nudez gratuita.

finis-hominis-3

No elenco temos o amigo de Mojica, freqüente colaborador, Mário Lima e Carlos Reichenbach.

Um ótimo filme que também surpreende pelo seu final.

Nota: 3,5 de 5,0.

Review – Inferno Carnal (1977).

inferno_carnal

Por Calil Neto

Sem querer querendo acabei fazendo um pequeno especial José Mojica Marins pelos 80 anos do cineasta completados em 13 de março de 2016. Mas ele merece. E agora vou comentar da produção Inferno Carnal de 1977 que surgiu de um episódio de um programa televisivo e se transformou em um longa.

O longa é dirigido e produzido por José Mojica Marins com roteiro do frequente colaborador de Mojica, o competentíssimo Rubens Francisco Lucchetti de um argumento de Mojica. No enredo temos um brilhante cientista e doutor interpretado por Mojica que faz suas experiências com ácidos e não quer sair de casa para se divertir. A esposa Raquel tem um amante e quer herdar a fortuna do rico marido. Raquel então junto com o amante tenta assassinar o cientista, jogando ela o ácido de suas pesquisas no rosto do cientista, o deixando jogado em um incêndio. O cientista fica com o rosto todo desfigurado e se torna um monstro fisicamente e mesmo assim deixa dinheiro para a ex-mulher se divertir com o amante. O amante é um aproveitador e usa o dinheiro de Raquel para se divertir com outras mulheres. A atriz Helena Ramos está impecável como a amante do cientista.

infernocarnal2

Inferno Carnal traz um final surpreendente!!!!! Eu gosto dos filmes do Mojica porque eles são inteligentes e trazem consigo uma mensagem de reflexão ou até uma mensagem moralista ao espectador.

infernocarnal4

Uma pequena obra-prima. Os trabalhos que envolvem Mojica são geniais. Belíssimos filmes.

Nota: 3,5 de 5,0.

Review – A Estranha Hospedaria dos Prazeres (1976).

images.livrariasaraiva.com.br

Por Calil Neto

Conferi A Estranha Hospedaria dos Prazeres (1976) dirigido por Marcelo Motta com roteiro de Rubens Francisco Luchetti e argumento e produção de José Mojica Marins.

No script temos uma hospedaria que se chama Hospedaria dos Prazeres que recebe diversas pessoas para passar a noite na hospedaria, algumas recrutadas pelo próprio dono do local interpretado por José Mojica Marins. O que essas pessoas não sabem é que o dono do local não é uma pessoa do bem e que o local não é lugar muito agradável. Os hóspedes ficam nus pelo local e alguns transam no lugar, e o personagem de Mojica sempre antenado em tudo que acontece na casa. Tem uma cena em que chegam diversos hóspedes no local e o personagem macabro diz aos visitantes: Descansem em paz, algo que se diz usualmente quando uma pessoa morre.

strange_hostel3

 

É um filme bem inteligente e surreal com um desfecho sensacional e surpreendente.

strange_hostel7

 

Gostei do filme.

 

Nota: 3,5 de 5,0.