Review – Labirinto – A Magia do Tempo (1986).

labyrinth_05_p-ca6d185b2a7f

 

Por Calil Neto

Agora foi a vez de fazer pela milésima vez a revisão de Labirinto – A Magia do Tempo (1986), um clássico dos anos 80 e uma produção que marcou a infância (a minha por exemplo) e de muita gente. Um filme que eu nunca canso de rever. Como eu adorava alugar o VHS desse filme e assisti-lo.

O longa é dirigido por Jim Henson que dirigiu em 1982 o clássico infantil O Cristal Encantado e é o criador dos Muppets e estrelado pelo ator e também cantor David Bowie (falecido em janeiro de 2016) junto com Jennifer Connelly, no grande papel da carreira da atriz. A produção executiva é de nada mais nada menos que George Lucas, o pai da franquia Star Wars.

Jim Henson

labyrinth-jim-henson
Jim Henson.

 

Jennifer Connelly faz uma garota de 16 anos, Sarah, que tem 13 horas para resgatar o irmão bebê das mãos do reis dos duendes, interpretado por Bowie, após ela fazer um pedido para que o irmãozinho Toby (Toby Froud) fosse levado embora. Sarah está dentro de um mundo mágico e tem alguns momentos que o filme faz lembrar o espectador de Alice no Pais das Maravilhas (1976).

labyrinth_movie_image_jennifer_connelly

 

A trilha sonora com David Bowie é impecável!

 

labyrinth-sarah-and-friends

labyrinth_0103

Um filme com belíssimos efeitos e bonecos muito bem trabalhados.

Labirinto é um filme mágico.

Nota: 4,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s