Abdução (2014).

8e4093115f36d8fd91056bead79ec21f3e251043

Por Calil Neto

Mais uma produção que entra na onda dos mockumentaries”, ou falsos documentários que estão sendo realizados nas últimas décadas, desde A Bruxa de Blair (1999), e que parecem que não tem data para acabar.

A trama da produção dirigida e produzida pelo desconhecido  Matty Beckerman aborda que os fatos a seguir são baseados em fatos reais, como nota-se em muitos filmes no estilo found footage, e que a filmagem vazou da Força Aérea dos EUA. Há séculos pessoas desaparecem em Brown Mountain, na Carolina do Norte. Segundo uma testemunha local, Max Wood, deve haver óvnis na região. Abdução apresenta no roteiro a estória de uma família que sai para acampar nessas montanhas e fica perdida na região. O pai desta família, Peter Morris (Peter Holden) desaparece, e a sua esposa e filhos vão para uma cabana. Nessa região luzes são avistadas pelos moradores e visitantes e se descobre que tem ligação com abdução alienígena e sacrifícios de humanos.  O filme, como todos os do estilo found footage apresenta cenas filmadas em primeira pessoa, com movimento da câmera acelerado, e um suspense em relação ao destino das personagens.

Abdução (Alien Abduction – 2014) é uma produção ruim e desnecessária, que não agrega nada de novo no gênero das sci-fi, nessa onda de produções no estilo falsos documentários que parecem terem se desgastados com o tempo.  Filme fraco, sem criatividade e bem clichê.

O que salva a produção apenas é alguns nomes de produtores do longa, como Mike Fleiss (da trilogia O Albergue) e Lawrence Bender (de Pulp Fiction – Tempo de Violência).  APENAS.

Nota: 2,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s