Annabelle (2014).

336680Por Calil Neto

ATUALIZADO – 16 DE OUTUBRO DE 2015.

Em 09 de outubro de 2014 estreou nos cinemas brasileiros o spin-off ou prequel de Invocação do Mal, Annabelle. Invocação do Mal foi um dos grandes destaques do gênero no ano de 2013. Invocação do Mal, que estreou 19 de julho de 2013 nos EUA, teve um orçamento considerável de 20 milhões de dólares e ultrapassou até 13 de agosto de 2013 o valor de US$ 122,5 milhões, enquanto o total mundial somou mais de US$ 169,7 milhões até a mesma data. São os filme de baixo orçamento dos EUA que faturam horrores nas bilheterias mundiais.

A boneca, que existe realmente, e foi um dos casos analisados  pelo casal de investigadores de paranormalidades Ed e Lorraine Warren, e está no Museu Oculto dos Warren ganha um filme próprio, nas mãos do diretor de fotografia de Invocação do Mal, John R. Leonetti. Com direção de John de  R. Leonetti no script temos a origem da amaldiçoada boneca que e é apresentada no filme dirigido por James Wan. O roteiro de Annabelle está nas mãos do novato Gary Dauberman.

Annabelle real.
Annabelle real.

Na narrativa, temos um casal que está esperando um bebê, Mia (Annabelle Wallis) e John Gordon (Ward Horton), sendo que o marido compra para a família uma boneca que passa após a morte de Annabelle Higgins e seu namorado que invadem seu domicílio  a ser possuída por um espírito do mal e vingativo. A boneca e o espírito vingativo passam a atormentar a vida da família. Na conjuntura dos EUA, presenciamos um país dominado pela violência e por seitas ocultistas e satânicas, entre elas a seita e o culto de Charles Manson (anos 60).

A aparência de Annabelle nada a ver com a real. Bem mais assustador no filme.
A aparência de Annabelle nada a ver com a real. Bem mais assustadora a Annabelle produzida para o filme..

O filme é divertido, consegue entreter, mas não é superior ao filme original de James Wan, Invocação do Mal (2013), que agora em Annabelle está na cadeira de produtor. Ele abusa dos efeitos especiais práticos, por se tratar de mais um filme dessa leva de filmes atuais norte-americanos de baixo orçamento, e abusa da criatividade e dos efeitos sonoros para assustar o espectador. A direção de arte (cenário, figurinos) é de Douglas Cumming (Paranóia) e a música do compositor Joseph Bishara (franquia Sobrenatural e Invocação do Mal).

Annabelle teve o orçamento de 6 milhões e meio de dólares, e arrecadou mais de 37 milhões de dólares nos EUA, apenas no primeiro final de semana de estreia, ou seja arrecadou nas bilheterias mais de seis vezes o que gastou na produção.

ANNABELLE

Annabelle é um filme que vale o ingresso, e que assusta em alguns poucos momentos, mas que é para não deixar o espectador com muitas expectativas. É um filme de bonecas que com o tempo, com certeza, será esquecido. Um filme que aproveita do sucesso de Invocação do Mal para lucrar nas bilheterias.

Annabelle 2 deve estrear nos cinemas em 2017.

Nota: 3,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s