Oldboy (2013).

oldboy-2013-poster

Por Calil Neto

Em 2013 foi lançado no cinema lá de fora e apenas em 2014 no Brasil, o remake de Oldboy, um novo clássico do cinema da Coréia do Sul, que pertence à trilogia da Vingança do sul coreano Chan-wook Park (juntamente com os filmes Mr. Vingança – 2002 e Lady Vingança – 2005).

Achei um pouco cedo para a realização de um remake de um filme recente, (10 anos após a produção do original) mas Spike Lee o diretor do filme não.

O filme, que é oriundo do mangá de Garon Tsuchiya e Nobuaki Minegishi, é uma bela homenagem ao filme de Chan wook Park, mas tem diversas alterações no roteiro, e não é filmado plano por plano igual ao original. Uma prova do reconhecimento do trabalho do diretor da Coréia do Sul em solo americano.

tumblr_n0yennVzVe1qmhhc4o1_1280

O filme tem elenco de peso como o protagonista Josh Brolin, no papel de Joe Doucett, a bela Elizabeth Olsen e o competentíssimo como sempre Samuel L. Jackson. Elenco que somente pôde acrescentar ao filme. Sharlto Copley CONSEGUE DAR CONTA DO PAPEL DO VILÃO PRINCIPAL, o Adrian, ou Estranho, e fazer uma belíssima interpretação de um cara sem escrúpulos.atores-oldboy

Assim como no filme original,  o personagem principal, neste caso Joe Doucett fica diversos anos ou décadas preso em um quarto, sem saber o porquê, e fica sabendo pela televisão que a esposa foi estuprada e assassinada e a filha foi adotada por um casal e teve a vida recomeçada.

SPOILERS

elizabeth-olsen-nude-old-boy-2013-3

A proposta inicial do filme não é deixada de lado, e a vingança continua existindo como tema do enredo do remake. O filme continua violento, perturbador, doentio em relação ao incesto desproposital entre pai e filha, igual ao filme original, mas com menos violência se comparado ao filme de 2003. Joe e Adrian eram colegas na época de colégio, e Joe realizou bullying com a irmã de Adrian que foi pega em uma relação sexual com o próprio pai. Como conseqüência o pai de Adrian matou a filha, a esposa e tentou matar Adrian, que acabou sobrevivendo e ficando com uma cicatriz no peito.

Um belo remake se comparado a muitos remakes desnecessários que estão sendo realizados nos últimos anos. Remake de Spike Lee que não decepciona.

Nota: 3,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s