Review – O Mestre das Ilusões (1995).

O Mestre das Ilusões (1995)

Por Calil Neto

Das mesma mente perversa de Clive Barker, também responsável por Hellraiser (1987) e Nightbreed (1990), chegou aos cinemas americanos em 1995, O Mestre da Ilusões, com roteiro e direção do próprio.

O Mestre das Ilusões é baseado no conto The Last Illusion, de Clive Barker,  e coloca o espectador diante  do universo dos mágicos e ilusionistas, levando a nós a refletirmos e distinguirmos durante a apresentação da película o que é realidade e o que é ilusão.

No enredo temos o ilusionista ligado à forças do mal, um tal de puritano (Nix), e o “bonzinho”, um investigador de casos sobrenaturais Harry D’Amour, interpretado pelo ator Scott Bakulla (de Beleza Americana, e da série Contratempos), que é contratado para investigar um fraudador de seguros, e acaba se infiltrando numa guerra de ilusionistas do mal.

lordswann

Harry D´Amour acaba se envolvendo emocionalmente com a esposa do ilusionista  Philip Swann (Kevin J. O’Connor), Dorothea, interpretada pela belíssima e competente atriz Famke Janssen ( a Jean Grey do X-Men, Busca Implacável), e traz um pouco de romantismo ao filme para quebrar o gelo.

O Mestre das Ilusões é uma produção que não tem a intenção de assustar o espectador. Chega mais perto de um filme investigativo, ou seja um thriller com pitadas de  horror. Em um certo momento, fazem a ligação do ilusionismo com a religião e o cristianismo, como a menção de que Jesus Cristo também foi um ilusionista, ao andar sobre as águas.

Jesus andando sobre as águas é um dos milagres realizados por Jesus, relatado em  Mateus 14:22-33, Marcos 6:45-52 e em João 6:16-21.

A ilusão pode se tornar realidade?

tumblr_m1fqliay9Y1qj9a5eo1_500

Clive Barker tem uma legião de fãs pelo mundo devido ao seu trabalho no gênero horror e fantástico, como livros e adaptações para o cinema, e é um grande admirador-apreciador do trabalho de Edgar Allan Poe (1809-1849), outro mestre do macabro.

tumblr_mgobfbQFHU1qm0waao1_500

O Mestre das Ilusões não é nenhuma obra prima do gênero mas que vale a pena dar uma conferida e espiada vale. Mas com um porém: sem muitas expectativas.

Nota: 3,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s