Review – O Ritual dos Sádicos ou O Despertar da Besta (1969-70).

Ritual dos Sádicos (1970)

Por Calil Neto

Recentemente, o podcast Podtrash, que afirmo que é muito bom, e sou ouvinte assíduo, fez um belíssimo programa sobre o filme O Ritual dos Sádicos, de 1969-70, e como já tinha assistido a trilogia famosa de Mojica (A Meia Noite Levarei Sua Alma, Esta Noite Encarnarei no teu Cadáver, e Encarnação do Demônio), e gostado demais, resolvi correr atrás dessa produção polêmica do cinema de horror nacional.

E por O Ritual dos Sádicos ter sido censurado, minha curiosidade por essa produção aumentou ainda mais, valendo lembrar que o mestre Mojica foi perseguido e muito pela repressora censura brasileira.

Com algumas modificações, Mojica tentou relançá-lo com o nome O Despertar da Besta, nunca sendo exibido em circuito nacional, somente em festivais.

Uma das causas para tanta repressão, foi a abordagem no enredo de O Ritual dos Sádicos de pessoas usando drogas e tóxicos, como cocaína, maconha e LSD. E a produção também mostra alguns peitinhos!!!

imagem-6-o-uso-explc3adcito-das-drogas-como-efeito-de-repulsa-em-o-despertar-da-besta

Carlos Reichenbach, falecido em junho de 2012, pertencente ao cinema marginal, da Boca do Lixo, tem participação no longa como um dos confrontadores do psiquiatra (Sérgio Hingst) em um programa de televisão, que realizou uma experiência com 4 viciados.

Alguns trechos da produção são em fotografia preto e branco, outras em colorido, dando destaque na cores vermelhas, gerando um alto contraste na cabeça do espectador, com cenas bem impactantes.

despertar2

E botaaaa impacto!!!

As drogas/ tóxicos são o grande destaque no debate, e segundo as discussões de especialistas, Mojica entre eles, o objeto de pesquisa na experiência, as drogas influenciam sim a natureza humana, potencializando a libido sexual.

Os subplots são mostrados em flashes, enquanto o debate entre os especialistas está acontecendo.

A metalinguagem é presente em O Ritual dos Sádicos, sendo que Mojica aborda a si próprio, sua carreira no cinema e o seu personagem mais famoso.

As drogas e o seu liberalismo, como nota-se, sempre foi um tema-tabu, está aí o porquê de sua censura na época, ainda mais na época da ditadura. Algumas pessoas são a favor de sua liberalização, outras não.

Em O Ritual dos Sádicos a censura é a atração.

ae04

Mojica com O Ritual dos Sádicos foi premiado como melhor ator, e Rubens Francisco Lucchetti, frequente colaborador de Mojica, ganhou como melhor roteiro, no Rio-Cine Festival, em 1986.

Mojica também partiu para o ramo da pornochanchada em uma fase de sua vida, lançando pérolas como 24 horas de Sexo Explícito e a sequência 48 horas de Sexo Alucinante, em uma época em que sua situação financeira não andava bem.

São produções que ao meu ver, nunca serão relançados em DVD, mas que possuem seu certo brilhantismo e valor histórico, por terem sidos dirigidos pelo mestre.

Mojica, pode ter conquistado a fama com seu personagem, até internacionalmente, mas o retorno financeiro merecido realmente pelo diretor/ ator não foi alcançado.

Infelizmente!!!

Mas como sempre digo, José Mojica Marins é mestre e é foda mesmo assim.

Adoro Mojica!!! Adoro Zé do Caixão!!! Mojica já tem seu lugar garantido na calçada da fama do cinema brasileiro.

SUPER INDICAÇÃO.

Nota: 3,5 de 5,0.

Anúncios

4 comentários sobre “Review – O Ritual dos Sádicos ou O Despertar da Besta (1969-70).

  1. Grande Bruno Gunter… Que honra te-lo comentando aqui no Terror no Sofá. Eu também tenho o Finis Hominis, só que não assisti ainda, e o O Estranho Mundo do Zé do Caixão, eu já vi também, alias de contas, muito bom. Conclusão: dificil ter um filme do Mojica, que não seja bom. Rs…

    Valeu caríssimo pelo carinho. Horror… Desespero. Rs..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s