O Decameron (Itália/ França/ Alemanha – 1971).

Por Calil Neto

Depois de assistir e ficar admirado e “horrorizado” aos mesmo tempo com o polêmico Salò ou os 120 dias de Sodoma, do renomado Pier Paolo Pasolini, comprei nas Lojas Americanas, no interior de São Paulo, por um preço inexpressivo, o filme O Decameron (Il Decameron/ 1971), o primeiro da polêmica Trilogia da Vida de Pasolini.

A Trilogia da Vida também é composta Os Contos de Canterbury (I Racconti di Canterbury/ 1972) e As mil e uma noites (Il Fiore Delle Mille e Una Notte / 1974).

A  produção Il Decameron (O Decameron) tem a trama baseada no romance Decamerone, escrita por  Giovanni Boccaccio. O livro tem 100 contos, só que somente 9 são narrados e foram adaptados para a película de Pasolini.

Os contos são comédias que narram as travessuras humanas, envolvendo quase que sempre o sexo. São causos do cotidiano de uma Europa na Idade Média, envolvendo em alguns casos a também polêmica Igreja Católica.

Uma freira capaz de realizar milagres sexuais com um certo jovem “mudo” jardineiro, (para mim, o conto mais engraçado), jovens amantes pegos em flagrante e que são obrigados a se casar, um jovem que perde a cabeça por se apaixonar pela pessoa errada, e o agricultor que tenta transformar a sua bela mulher em uma égua (outro conto muito bom!!!) são alguns dos hilários/ trágicos causos de O Decameron.

Freirinha safada…

Um dos problemas do longa, foi a não subdivisão dos contos, que são apresentados um após os outro. Mas nada que estrague completamente o entendimento do filme.

Pasolini até que consegue representar muito bem a época em questão, com as vestimentas dos figurantes e as ambientações, com belíssima direção de arte.

Pasolini

Como curiosidade para quem não sabe, o pintor e artista que aparece em algumas cenas de O Decameron, é o próprio Pasolini, que tem uma atuação mediana.

Os filmes da trilogia devido as cenas de nudez e sexo, foram proibidos nos Estados Unidos até meados da década de 1980 e no Brasil só foram exibidos após a abertura política.

Uma gostosa e excitante diversão para o leitor do blog Terror no Sofá.

SUPER INDICAÇÃO!!!

Nota: 3,5 de 5,0.

Anúncios

Um comentário em “O Decameron (Itália/ França/ Alemanha – 1971).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s