A queda da casa de Usher (Espanha / França, 1982).

Por Calil Neto

A queda da casa de Usher foi mais uma vez adaptado para o cinema, dessa vez nas mãos do polêmico Jess Franco. A produção é baseada no conto “A Queda da Casa de Usher”, de Edgar Allan Poe.

O longa também foi adaptado na década de 60 pelo cultuado diretor Roger Corman para a AIP (American Internacional Pictures), conhecido no Brasil como Solar Maldito. O texto adaptado para os cinemas foi produzido pelo roteirista e escritor Richard Matheson (Eu sou a Lenda). No elenco o magnânino ícone Vincent Price.

Realizado com baixíssimo orçamento, em sua narratia temos um médico conhecido como Eric Wladimir Usher (Howard Vernon) que mora recluso em uma grande mansão, e que tem o insaciável desejo de curar de um mal sua filha Melissa (Françoise Blanchard).

A pedido do senhor Usher, seu ex-aluno Alan Harker (Antonio Mayans) chega a mansão e passa a fazer as anotações das confissões de seu antigo professor. Segundo relatos do senhor Usher, ele matara no passado junto com seu criado feioso Morpho (Olivier Mathot), diversas garotas de programa e cantoras de boate, para através da transfusão de sangue poder resgatar a saúde de Melissa e buscar o seu rejuvenescimento.

Durante a confissão do senhor Usher a Harker, pequenos flashes em preto e branco foram inseridos na película. Essas imagens são do longa O Terrível Dr. Orloff (1962), também dirigido por Jess Franco.

A queda da casa de Usher é uma produção que mostra leve violência, sem gore ao extremo, nas torturas das vítimas do doutor Usher, e para os desavisados, o filme não tem as usuais cenas de sexo, nem de nudez (puxa vida!!!), características de boa parte das obras cinematográficas do ousado e polêmico Jess Franco.

No elenco está também, a belíssima Lina Romay, no papel da empregada-amante do doutor Usher. Lina Romay faleceu de câncer em 2012, e era esposa do cineasta Jess Franco.

A queda da casa de Usher (1982), assim como O Terrível Dr. Orloff (1962), foram lançados em DVD pela Vinny Filmes, na coleção Clássicos do Terror. 

Nota: 3,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s