Prometheus (2012).

Por Calil Neto

Prometheus foi recentemente lançado em DVD e Blu-Ray em terras brasileiras, me dando a oportunidade de rever essa magnífica obra, que para mim foi uma das melhores surpresas do ano de 2012.

Em Prometheus existe um universo em paralelo que precede os acontecimentos da série Alien, iniciado pelo mesmo diretor de Prometheus, Ridley Scott, em Alien – O oitavo passageiro, de 1979, que retorna na direção de mais uma ficção científica em sua extensa e respeitada carreira.

A série Alien é composta de quatro filmes, sendo o último da quadrilogia principal lançado em 1997, com Alien – A ressurreição, e os dois não tão bem sucedidos spin-offs de Alien vs Predador. 

SPOILERS LEITOR…

Prometheus tem o pontapé inicial com um alienígena (ops… seria mesmo um alienígena?) da raça Engenheiros que toma um líquido escuro e que passa a se desintegrar, caindo em uma cachoeira. O espectador deve se perguntar no começo da película sobre esse estranho ser, o que será explicado no andamento de Prometheus.

Prometheus procura explicar através da filosofia e da ficção a origem do PLANETA TERRA e da HUMANIDADE.

(De onde os humanos teriam vindo? Não seria Deus que teria criado a espécie humana?) 

Em 2089, os arqueólogos Elizabeth Shaw (Noomi Rapace)  e Charlie Holloway (Logan Marshall-Green) descobrem um mapa estelar que pode ser um convite de precursores da humanidade, ou os Engenheiros, para que os cientistas conheçam a sua espécie mais a fundo.

Peter Weyland (Guy Pearce), o CEO de Weyland Corporation, patrocina uma expedição científica com a nave Prometheus seguindo o mapa para a lua distante LV-223. A tripulação do nave viaja em sono criogênico enquanto um andróide, David (o talentoso Michael Fassbender), monitora a viagem e estuda a lingüística e a cultura humana, e por que não dizer também alienígena.

Em 2093, a tripulação acorda ao se aproximar de um planetóide circulando um gigante gasoso, LV-223, e partem em busca do desconhecido, não sabendo estes, que estão entrando em um fria e podem não retornar vivos da missão.

Elizabeth Shaw descobre então que os Engenheiros tem a compatibilidade genética com os humanos, e que são possivelmente os criadores da nossa raça.

Peter Weyland, que está com a idade bem avançada, patrocina a expedição de Prometheus, para que através de novas descobertas com os Engenheiros, descubra a solução para a vida eterna.

O Alien, como o conhecemos da série original, só aparece nas cenas finais de Prometheus, deixando muitas perguntas em aberto.

Muitas questões ficam em aberto em Prometheus, remetendo ao espectador de que não teremos apenas um filme, mas possivelmente uma franquia.

Prometheus é um belíssimo filme, com belíssimos efeitos de computação gráfica, com uma surpreendente trilha sonora, e que vale a pena ser conferido pelos fãs da ficção cientifica e pelos nostálgicos admiradores da série Alien.

Que venha  Prometheus 2  e as respostas para os enigmas!!!!! Estou extremamente curioso!!!

Nota: 4,0 de 5,0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s